A CBF é uma vergonha!

Senhoras e senhores, mais uma patacoada da dona CBF, hein?

Simplesmente do nada, sem mais nem menos, ela reconheceu os campeões da Taça Brasil e do Robertão como campeões brasileiros.

A atitude acaba banalizando um assunto sério que deveria ser tratado com muita cautela e calma.

Os campeões da Taça Brasil e do Robertão são campeões “nacionais”, do “país Brasil”, mas não são campeões brasileiros, mesmo porque o Campeonato Brasileiro foi criado apenas em 1971.

Se for pra pensar dessa maneira, que passemos a considerar também os campeões da Copa do Brasil como campeões brasileiros.

E por que não reconhecer o Flamengo como campeão brasileiro de 1987? Já que o Vasco é considerado campeão brasileiro de 2000 e naquele ano não houve Campeonato Brasileiro e sim Copa João Havelange.

Repararam como a CBF é mesmo uma vergonha?! Não tem jeito.

As coisas por lá não têm pé nem cabeça. Nada tem nexo.

Mas aqui vai um aviso para os clubes “beneficiados”, que num estalar de dedos viraram Bi, Tri ou octacampeões BRASILEIROS (vale lembrar que eles já eram Bi, Tri ou octacampeões NACIONAIS).

Organizar comemorações com direito a rojões e fogos de artifícios vai desvalorizar seus jogadores dos anos 1960.

Dessa maneira vai parecer até que as goleadas do Santos e as incríveis vitórias do Palmeiras de nada valeram naquela época, mas só agora, quando a tal CBF resolveu dar uma canetada e unificar os principais títulos nacionais.

14 Respostas to “A CBF é uma vergonha!”

  1. Jornal do Sotaque Says:

    Infelizmente a CBF é oportunista. Reconheceu a Taça Brasil como Brasileirão? Mas o formato desta era muito parecido com a Copa do Brasil, atualmente. Triste solenemente.

  2. Pedro Luiz Boscato Says:

    Aí discordo de você, caro Gustavo, há uma diferença tremenda, nem dá pra comparar, Taça Brasil e Copa do Brasil. Taça Brasil apontava o representante do país para disputar a Libertadores de uma forma bem diferente da Copa do Brasil. Taça Brasil era disputada pelos Campeões estaduais, para participar dela tinha que primeiramente ganhar em seu estado, situação completamente diferente. Então, óbvio, dela saia o Campeão Brasileiro.
    A Copa do Brasil, a princípio, não credenciava seu Campeão a nada. Para justificar sua criação, mera politicagem de bastidores, então, como a Libertadores de 1969 para cá passou a ter dois representantes de cada país, o Campeão da Copa do Brasil ficou com a vaga do Vice Campeão do Campeonato Brasileiro atual, isto é, entrava não como o principal representante do país, ou seja, o seu Campeão, e sim no lugar do Vice Campeão, lembra disso? Depois, claro, com o aumento de participantes na Libertadores, aí o Vice Campeão do Brasileiro voltou a participar, hoje também disputa o Campeão da Sulamericana que a princípio não tinha passaporte para nada.
    O Campeonato Brasileiro de hoje é uma sequencia das competições anteriores, Copa do Brasil e Robertão. O Robertão, inclusive, passou a dar o título de Campeão do Brasil ao seu vencedor quando foi extinta a Taça Brasil, até a existência desta, o Robertão não credenciava seu vencedor também a nada. Em 1967, por exemplo, disputa do primeiro Robertão, o Palmeiras obteve passaporte à Libertadores por conquistar a Taça Brasil daquele ano e não por conquistar o Robertão. Este, inclusive, nem a nivel nacional era, foi um Rio São Paulo enxertado com clubes de Minas, Rio Grande do Sul e Paraná. Em 1968, último ano que a Taça Brasil foi disputada, o Botafogo foi o Campeão da mesma e o Santos foi o Campeão do Robertão, este já tido como nivel nacional, fatalmente, ambos disputariam a Libertadores de 1969, porém, o futebol brasileiro não participou da mesma. A partir de 1969, com a extinção da Taça Brasil, ficou o Robertão a principal disputa do país, o Palmeiras foi o Campeão, porém, também, o futebol brasileiro não disputou disputou a Libertadores de 1970. Em 1971, voltando o futebol brasileiro a disputar a Libertadores, cada país sendo representado pelo seu Campeão e Vice, óbvio, nem poderia ser diferente, Fluminense entrando como Campeão do Brasil e Palmeiras como Vice, poderia haver outra nomenclatura a ambos?
    A famosa Libertadores, verdade seja dita, passou a ter um valor tremendo aqui, em função, claro, da rivalidade, principalmente, paulistana, o São Paulo conquistou-a por três vezes e o Corinthians ainda nenhuma, segundo o Citadini, que não deixo de apreciar suas razões, tudo isso porque o Corinthians ainda não a conquistou, o dia em que ele conquistar, fatalmente, tirarão o valor da mesma, darão valor à Taça Maria Quitéria e outras que inventarão. Ele afirma que se a Libertadores fosse tão importante como querem demonstrar, o futebol brasileiro não deixaria de ter participado em mais de uma edição.

    • gustavogrohmann Says:

      Não tiro o mérito das conquistas da Taça Brasil e do Robertão, mas não são títulos BRASILEIROS e sim, NACIONAIS. E de muita importância. São campeonatos precursores do Campeonato Brasileiro.

      Por exemplo… imagine que o Santos, em 1958, tenha disputado e ganhado um torneio chamado “Copa das Américas”, que reunia os melhoras do continente. Ele pode ser chamado de TRI DA LIBERTADORES? NÃO! Ele pode ser considerado TRICAMPEÃO SUL-AMERICANO e não TRICAMPEÃO DA LIBERTADORES… entende?

      Taça Brasil e Roberto Gomes Pedrosa eram os torneios mais importantes da época? SIM! Mas eles eram ‘Campeonato Brasileiro’? NÃO! Tanto que o Robertão foi inchando, inchando e quando a CBD passou a organizar em 70, pelo tamanho que ele estava, resolveram criar no ano seguinte o CAMPEONATO BRASILEIRO. Se já fosse o Campeonato Brasilerio oficial, não precisaria mudar o nome da competição e disputaríamos até hoje o ROBERTÃO…

  3. odilon mario cardoso Says:

    BOA NOITE GUSTAVO, SOMENTE AGORA QUE VC NOTU QUE A CBF É UMA VERFGONHA?
    AQUELE CRÁPULA AINDA NÃO ESQUECEU O SPFC, ENQUANTO ELE TIVER ALGUMA ABERTURA HAVERÁ RETALIAÇÃO, ENTRETANTO ESSES TIPOS DE COISAS JAMAIS IRÃO ABALAR A ESTRUTURA DE UM GRANDE E LEGÍTIMO CAMPEÃO!!!
    AGORINHA MESMO ACABAMOS DE ASSISTIR A GARNDE CECADÊNCIA DO FUTEBOL BRASILEIRO

  4. odilon mario cardoso Says:

    DESCULPE-ME PELAS FALHAS ACIMA, VEJA BEM O OCRRIDO HOJE PELO TIME DO INTER FOI O MESMO QUE HOUVE COM NOSSA SELEÇÃO NA ULTIMA COPA DO MUNDO, OU SEJA A FALTA DE TREINADORES E JOGADORES DE QUALIDADES, A FICHA AINDA NÃO CAIU P/ MUITA GENTE, O FUTEBOL BRASILEIRO HÁ MUITOS ANOS ESTÁ NIVELADO POR BAIXO ONDE QUASE TODOS NOSSOS TIMES NÃO SÃO MUITO DIFERENTES, VEJA O CASO DO GUARANI QUE MERCEU TER GANHO O JOGO CONTRA O FLUMINENSE, ASSIM SENDO HOJE NÃO FOI DIFERENTE TAMBÉM COM O INTER, QUE RECEBEU DE BANDEIJA DO SR. RICARDO GOMES A CHANCE DE GANHAR A COPA TOYOTA, ALIÁS O RG DEIXOU UMA HERANÇA MALDITA PELOS LADOS DO MORUMBI!!!
    TUDO ISSO É REFLEXO DAQUELE CRÁPULA QUE QUE VEM DETONANDO NOSSO FUTEBOL, ONDE OS CLUBES ESTÃO QUASE TODOS FALIDOS, CORRETO?
    FORTE ABRAÇO
    ODILON

  5. Fernando Coleti Says:

    Vergonha é você ficar 2 semanas sem escrever um texto. Que isso não se repita! rs

    Mas vamos lá, uns consideram o Flamengo campeão brasileiro de 1987, outros não. Uns consideram o Corinthians campeão mundial de 2000, outros não. E não é a CBF ou, no caso do Corinthians, a FIFA que irão convencer os torcedores se eles são ou não campeões.

    Na minha opinião, a atitude da CBF foi correta. Como já escreveram acima, os torneios citados representavam o campeonato nacional da época. Nada mais justo.

    Por exemplo, você considera os títulos do SPFC de 92/93 como Mundial? Não era. Mas é errado considerar? Aí vai de cada um…

    • gustavogrohmann Says:

      O problema não é considerar ou não… o problema é a ZONA como isso é feito! E os ridículos dirigentes ficam falando abobrinha… Mais da metade deles não sabe da história… comemoram a oficialização dos títulos, mas nem sabem como os campeonatos eram disputados, nem como seus times ganharam …

      O Robertão nem era organizado pela CBF… passou a ser só em 1970… E a Taça Brasil só contava com os campeões do estado… SP e Corinthians nunca participaram… Já imaginou o Brasileirão hj só com os CAMPEÕES ESTADUAIS? O Flu, CAMPEÃO BRASILEIRO DE 2010, não disputaria o campeonato, pois o Botafogo foi o campeão carioca desse ano…

      Cara… São Paulo e Corinthians nunca disputaram a Taça Brasil, pois Santos e Palmeiras eram sempre os campeões paulistas nos anos 60. Agora sabe quem disputou a Taça Brasil? O DEFELÊ, O METROPOL, O ELETROVAPO, O MANOFATURA, O FONSECA, O RABELLO…. Será que era mesmo EQUIVALENTE ao atual Brasileirão?

  6. Fernando Coleti Says:

    É complicado, mas como eu escrevi, não acho que uma simples decisão da CBF vai mudar a história por parte dos torcedores.

    Se o santistas, por exemplo, se consideram 8 vezes campeão, ótimo. Bom pra eles. Se os outros não acham, paciência, faz parte.

    É igual o título Flamengo/Sport de 87, o Mundial do Corinthians 2000, o paulista de 2002 do Ituano, os intercontinentais…. cada um comemora do jeito que acha que deve, paciência. É uma zona mesmo.

    • gustavogrohmann Says:

      E SE mudar, desmerece os jogadores daquela época… Quer dizer que só agora que a CBF passou a caneta vale? Antes não valia nada então? Por isso ninguém tem que ficar comemorando nada…

      • Fernando Coleti Says:

        Não acho que desmereça, acho até um reconhecimento bem legal.

        Mas concordo que ficar comemorando é ridículo. Comemorar é no momento!

  7. Pedro Luiz Boscato Says:

    Gustavo, como sempre, claro, com todo respeito aos seus pontos de vista, seus pareceres, há que se convir, a Taça Brasil, era o Campeonato Brasileiro na época. Consequentemente, seus Campeões, óbvio, se tornaram Campeões Brasileiros. Se, claro, com o tempo, a forma de disputa foi mudada, tudo bem, faz parte, principalmente, com as modificações dos regionais, calendários, os fatores que envolvem o futebol. Mas, sem dúvida, a Taça Brasil, era o Campeonato Brasileiro, disputado, claro, nos moldes da época, não tem por onde, deixar de considerar, seus Campeões, como Campeões Brasileiros. É que o nosso futebol, infelizmente, é uma bagunça, uma desorganização, pois, sem dúvida, esse era um tema que nem teria que ter discussão, não haveria motivos, houvesse uma organização como devia. Não dá para entender, sem dúvida, os absurdos cometidos pela C.B.F., que é a sucessora da C.B.D., esta, também, acho que um pouquinho pior era, basta lembrar, por exemplo, negócio que não dá pra entender até hoje, aquela Copa de 66, ali ficou parecendo bem claro que o Brasil foi para cumprir tabela e não para ganhar, os melhores jogadores, principalmente do setor defensivo, ficaram aqui, não levaram. Não tem cabimento, em hipótese alguma, ter que ser solicitado à C.B.F., o reconhecimento como Campeão Brasileiro para quem conquistou a Taça Brasil, só no nosso futebol mesmo, com a porcaria de organização, um negócio desses. Futebol brasileiro passou a disputar a Libertadores, a primeira participação foi com o E.C. Bahia em 1960, só Campeões dos paises participantes da competição, Bahia disputou a mesma, então, na qualidade de que? Óbvio, como Campeão Brasileiro. Esse Ricardo Teixeira, pelo jeito, acho que nem sabia que essa competição existia, não há outra conclusão a chegar. Será que houve incêndio nos arquivos da C.B.D., e por isso a celebridade chamada Ricardo Teixeira sequer tomou conhecimento da História dos Campeonatos Brasileiros que começou com a Taça Brasil? Não duvido, tudo pode acontecer. Essa C.B.F., é igualzinha a FIFA, ou seja, só faz confusão, só gosta de confusão, por isso, claro, as bagunças no futebol, sem dúvida. O Campeonato brasileiro da atualidade, sem dúvida, é uma sesquência da Taça Brasil e Robertão. Claro, com o passar do tempo, vão se processando alterações, novos moldes de disputa. Isso, porém, jamais, pode fazer com que os anteriores não sejam considerados.
    Quanto a comemorações, nas devidas épocas aconteceram e bem, o que tem que se fazer agora, santistas, palmeirenses, cruzeirenses e torcedores dos demais clubes que conquistaram Taça Brasil e Robertão, é ridicularizar ainda mais a C.B.F., taxá-la de retardada pois só agora se manifestou a respeito e ainda atendendo solicitações, ridículo ao extremo essa C.B.F., completamente sem noção da realidade.
    E, tudo bem, a vida continua, como diz um velho ditado, “Pequenas coisas de um grande futebol”.

  8. Pedro Luiz Boscato Says:

    Um outro detalhe que não dá pra se compreender jamais, é ter quem queira comparar a Taça Brasil com a Copa do Brasil. Taça Brasil, para disputá-la, tinha que ser Campeão em seu estado. O Campeonato Paulista, por exemplo, era o famoso Paulistão, dois turnos e por pontos corridos, parada bastante indigesta, era, inclusive, não desmerecendo os demais estados, o principal do país, sempre foi, tempos de Paulistão, é claro.
    Face ao calendário, os times do sul e sudeste entravam nas quartas de final, das demais partes lutavam pela classificação para acompanharem, tal e qual é feito hoje com o famoso Mundial de Clubes organizado pela FIFA, Campeão da Libertadores e da Europa entram já na fase final, nem das quartas de final participam, já entram direto na semifinal. A Copa do Brasil, criada por politicagens, no início, não credenciava seu Campeão a nada. Depois, para justificar sua criação, excluiram o direito do Vice do Brasileiro de participar da Libertadores dando ao Campeão dela o direito, este, então, já entrava no lugar do Vice do Brasileiro, isto é, já entrava com valor diferenciado, principalmente, então, para quem conhecia sua forma de disputa e seus participantes. Hoje, com o aumento de vagas na Libertadores, o Vice do Brasileiro, título com muito maior valor do que o Campeão da Copa do Brasil, voltou também a fazer parte da Libertadores, bem como o terceiro colocado e, dependendo das circunstâncias, até o quarto. Não sei como há quem queira comparar a Taça Brasil com a Copa do Brasil, só quem não acompanhou, não se inteirou da realidade mesmo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: