O medo de perder tirou a vontade de ganhar?

Além da óbvia falta de educação, muitos críticos e torcedores reclamavam de um ponto específico do comando de Dunga na Seleção Brasileira: a escalação de três volantes. Mano Menezes, pelo menos por enquanto, é muito educado e solícito nas coletivas pré e pós-jogo. Mas e a outra questão?

O Brasil, de Ronaldinho, perdeu para a Argentina, de Messi. Simplesmente porque o melhor deles é também o melhor do mundo e fez a diferença. Já o Gaúcho, largou seu futebol de verdade lá em 2005. Mas isso é outra história…

Sinceramente, o resultado não me preocupa, afinal, perder por 1 a 0 para a Argentina, com um gol nos acréscimos, não tem nada de absurdo. O que me preocupa é a postura do Brasil, muito cauteloso com a defesa e esquecendo um pouco do ataque.

Lucas, Elias e Ramires têm mais qualidade do que Gilberto Silva, Felipe Melo e Elano, sem dúvida. Mas ter os três em campo significa partir para uma postura mais defensiva. Eles têm boa saída de bola? Sim! Mas de um jeito ou de outro continuam sendo volantes.

E ontem, mesmo com o 0 a 0 no placar, Mano não quis ousar. Trocou atacante por atacante (Neymar por André), meia por meia (Ronaldinho por Douglas) e volante por volante (Ramires por Jucilei). E manteve as três peças defensivas.

Por que não tirar uma delas do meio, colocar André no centro do ataque e abrir Robinho de um lado e Neymar do outro?

Como diria o outro, parece que o medo de perder tirou a vontade de ganhar. E no final, Messi castigou Mano.

Foto: CBF News

2 Respostas to “O medo de perder tirou a vontade de ganhar?”

  1. Diogo Coelho Says:

    O Brasil perdeu ontem por não ter escalado um meia-armador, como o Douglas, e um centroavante, um atacante de referência, como o André.

    Sem um meia, a Seleção abusou, sem sucesso, das jogadas pelos lados de Neymar, Robinho e do Ronaldinho (que falta o Ganso faz). Sem um centroavante, estes três não tinham com quem tabelar, não tinham aquele cara para fazer o pivô, segurar os zagueiros etc. Talvez o time tivesse jogado melhor se o André entrasse no lugar do Elias ou do Ramires, e o ROnaldinho jogasse mais centralizado, armando o jogo.

    Para finalizar ,o Douglas não é jogador de Seleção Brasileira. Não foi por que ele errou ontem, mas o Bruno César estava merecendo muito mais do que ele.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: