Corinthians é o campeão brasileiro de 2010!

Muitos vão falar que eu sou maluco ou me xingar, pois na semana passada coloquei o Fluminense como favorito ao título do Brasileirão-2010. Mas as coisas mudam e agora quem tem a faca e o queijo na mão é o Corinthians.

Eu acreditava que ambos iriam fazer o dever de casa e conquistar 12 pontos nos quatro últimos jogos.

O Corinthians fez a parte dele na 35ª rodada e venceu o Cruzeiro, independentemente do pênalti marcado em Ronaldo ter acontecido ou não (eu não daria nem a penalidade sobre o Fenômeno e nem a reclamada em Thiago Ribeiro. Mas acho que se uma foi dada, a outra também deveria ser).

Já o Fluminense, pipocou feio e apenas empatou com o Goiás, no Rio de Janeiro. E olha que o time esmeraldino saiu na frente e, no final, quase marcou o 2 a 1.

Desculpem, mas é inconcebível um time grande que depende de suas próprias forças para conquistar o segundo título brasileiro de sua história não conseguir vencer o Goiás em casa. E faltando apenas quatro rodadas para o término da competição.

O Corinthians aproveitou a brecha e assumiu a liderança. E com o Timão tendo a força e o tamanho que todos nós conhecemos, não acredito que ele deixe escapar o penta brasileiro.

22 Respostas to “Corinthians é o campeão brasileiro de 2010!”

  1. Pedro Luiz Boscato Says:

    Ocorre que futebol é imprevisível, Gustavo, principalmente, o futebol de uns bons anos pra cá. De uns tempos pra cá, um bom tempo aliás, quando o futebol já começou a deixar a desejar e bem comparando com aquele futebol maravilhoso que tivemos décadas atrás, dificilmente vê-se um time mantendo a regularidade e podendo com certeza ser apontado como favorito. Quanto ao Brasileiro desse ano, também acho, aliás, sempre achei, o Corinthians, um fortíssimo candidato ao título, o favorito. Corinthians tem bons jogadores, é um bom time, tem Ronaldo que pode a qualquer momento decidir, enfim, deve ser o Campeão e com méritos. Muitos, claro, falarão de apito amigo, mesmo no tocante ao jogo de sábado frente o Cruzeiro, dirão que o Corinthians foi ajudado por arbitragens em outros jogos mas, isso, realmente, faz parte do futebol, somente nas quatro linhas ninguém ganha nada, pra ser Campeão, qualquer que seja o campeonato, tem que ter time e, claro, força nos bastidores, não tendo esta, principalmente, adeus viola, pode tirar o cavalo da chuva. Um fato é certo, sem dúvida, também: sem time, os bastidores nada fazem também, nem podem, dá na vista. Gostaria que fosse apontado um título pelo menos, de quem quer que seja, que foi ganho somente nas quatro linhas, sem ajuda dos bastidores? Existe isso, dá pra ser apontado?

  2. Rodrigo Linhares Says:

    Grande Gustavo!!
    Que bom que o blog voltou!!
    No ano passado, na penúltima rodada do Brasileirão, o Corínthians entregou o jogo para Flamengo, em Campinas.Quem não se lembra do Felipe parado na cobrança de pênalti do Léo Moura e da festa da Fiel na hora do segundo gol do Mengão?
    “DOCE DERROTA!!”
    Sim, essa foi a manchete estampada no jornal oficial do clube na época.
    Mas os tricolores, embora prejudicados pela falta de empenho do rival em vencer o clube carioca, não puderam reclamar de muita coisa.Afinal, nesse mesmo dia, no Serra Dourada, o São Paulo levou de 4 do Goiás, um time que não brigava por mais nada na competição.A equipe do Morumbi não fez a sua parte e perdeu o título para sua própria incompetência.
    Nesse ano de 2010, caso o Corínthians seja campeão, como eu acredito que será, o Fluminense não poderá reclamar da péssima arbitragem do Sandro Meira Ricci na partida entre Corínthians x Cruzeiro.O Tricolor das Laranjeiras conseguiu superar a incompetência de seu “co-irmão” paulista ao não vencer esse ano o mesmo Goiás (fato agravado em relação ao São Paulo na temporada passada, pelo fato do jogo ter sido na sua casa e a equipe esmeraldina figurar na ZR nesse ano de 2010).
    E no campeonato de pontos corridos, todo time é prejudicado e também beneficiado pela arbitragem ao longo de 38 rodadas.Mas é evidente que os erros dos “apitadores” ficam mais visíveis em partidas consideradas “finais”.Assim como a falta de competência de algumas equipes nessa hora de decidir.

  3. Tufano Says:

    Mas, Gustavo…
    gostaria que falasse um pouco sobre as teorias da conspiração que vc tanto gosta.
    espero resposta.
    um abraço.

  4. Raphael Cavaco Says:

    Caro Bolinha, se vc não marcaria o pênalti no Ronaldo, deveria citar tb que não marcaria o pênalti do Rodriguinho a favor do Flu. Deixe de ser parcial, oras! rsrs

    Penso que o jogo-chave para o Coringão é contra o Vitória lá. Se ganharmos, um abraço!!!

  5. odilon mario cardoso Says:

    AMIGO GUSTAVO, AQUELE PENALTI NO THIAGO RIBEIRO NO PRIMEIRO TEMPO NÃO FOI PENALTI, FOI PENADILADADE MÁXIMA INDISCUTIVEL, NÃO É POSSÍVEL ENTENDER CERTOS COMENTARISTAS ESPORTIVOS QUE AFIRMARAM CATEGORICAMENTE QUE NÃO HOUVE PEALTI EM NENHUM DOS LANCES NO THIAGO, DE DUAS UMA, OU SÃO CORINTHIANOS OU NÃO SABEM NADA DESSE NEGÓCIO QUE CHAMA-SE BOLA, ACREDITO NAS DUAS HIPÓTESES
    NOSSO FUTEBOL ESTÁ DANDO NOJO, É ROUBALHEIRA A GRANEL, ESSE JUIZINHO SANDRO ESTÁ NO MESMO PATAMAR DO MARCIO REZENDE E SIMOM QUE SEMPRE FIZERAM MÉDIA COM ACBF E ESPECIALMENTE COM O SALAFRARIO DO RICARDO TEIXEIRA, É UMA FÓRMULA PARA CHEGAR ATÉ A FIFA, SEMPRE PIDURADOS NO SACO DO TEIXEIRA QUE É SEM DÚVIDAS O MAIOR CANCER DO NOSSO FUTEBOL
    GOSTARIA DE SABER O QUE IRÁ DIZER AGORA O SR. WALDEMIR!!!
    QUE TB NADA SABE DE BOLA
    FORET ABRAÇO

    ODILON

  6. Jornal do Sotaque Says:

    Dio Santo. Mas nem se o Ronaldo fosse vítima de uma bala de canhão você marcaria pênalti.

  7. Fernando Maghidman Says:

    Vc tem toda a razão!!! Êh lógico que o Timao vai ser campeão, tenho 16 anos e nunca vi o Fluminense ganhar nada! Não vai ser desta vez… Abraço Guuu me segue lá no twitter: @femaghidman
    vamo combina o kart??

  8. odilon mario cardoso Says:

    OI GUSTAVO, MINHAS ESCUSAS, É O WLAMIR MESMO!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ESQUECI TB DE MENCIONAR QUATRO IMPEDIMENTOS INESISTENTES DO CRUZEIRO ASSINALADOS PELOS BANDEIRAS, FOI OU NÃO FOI CARTAS MARCADAS?

    GRATO

    ODILON

  9. Décio Says:

    Blá blá blá….. hj discutimos fatos (penalti no Ronaldo) ou factóides (penalti para o Cruzeiro ou impedimentos marcados que “não foram”!!!)…. o que a história vai contar daqui há alguns anos é quem foi o Campeão e nada mais importa! Ou vamos aqui ficar lembrando que o São Paulo ganhou duas Libertadores porque o presidente da sul-americana era padrinho do presidente do tricolor…. ou ainda que o Palmeiras ganhou vários títulos entre 93-96 pelos esquemas do “leite”???

    Isto posto, duas considerações: se o lance do penalti no Ronado fosse uma jogada no meio de campo, qualquer juiz marcaria falta…. então, se foi dentro da área é PENALTI!!!; já no lance do Thiago Ribeiro percebe-se, em várias imagens, que o graaaaaande Julio César recolhe a mão, a qual fica espalmada no gramado, e logo em seguida sofre um pisão do “cai cai” Thiago.

    E Sr. Gustavo, o sr. errou no ditado…. o erro que ajuda hoje …. prejudicou ontem…. ou o sr. está esquecendo da roubalheira que foi aqueles dois gols legítimos feitos pelo fenômeno contra o guarani?!?!?!?!

    E pára de zicar o TIMÃO!!! Ainda não ganhamos nada…. de certo mesmo é que o time da Vila Leonor vai disputar a “Copinha do Brasil”…. e eu não quero ver nenhum são paulino me encher o saco se isso acontecer porque não podem comemorar algo que tanto menosprezam….

    Saudações alvi-negras!!!!

    • gustavogrohmann Says:

      E se fosse o Kléber, do Palmeiras, no lugar do Ronaldo? NUNCA teriam apitado pênalti… Nem se fosse o Dagoberto… Nem se fosse o Souza, do próprio Corinthians! Só marcaram pq foi o Ronaldo… E ainda dizem que ele não faz diferença?!

      • Décio Says:

        Ah sim, claro! Mas quando foi o Evair do Palmeiras ou o Careca do São Paulo os juízes também marcavam qualquer penaltizinho…. vocês não lembram pq são mto novinhos…kkkkkkkk

        Abs

  10. Fernando Coleti Says:

    Se o Corinthians for campeão vc não quer que eu digue “Parabéns Gustavo, você acertou”?

  11. Pedro Luiz Boscato Says:

    Certas conquistas deixam traumas em muita gente, sem dúvida. Na década de 50, por exemplo, a maioria das torcidas, a do Palmeiras, por exemplo, tinha trauma do Corinthians, ele começou com tudo a década, saiu da fila, foi Bi Campeão Paulista, 51 e 52, conquistou dois Rio São Paulo, foi Campeão do IV Centenário, conquistou duas vezes a Taça dos Invictos, a primeira, instituida pelo saudoso jornal A Gazeta Esportiva, tirou a mesma do Santos em 1956, conquistou-a em definitivo em 1957 completando nova série, tinha um tabu frente o Palmeiras, a última vitória do Palmeiras em derbis foi em 1951, depois o Palmeiras somente foi ganhar em 1958. Corinthians tinha um Presidente, saudoso para os corinthianos fanáticos que viveram a época, que mandava na Federação, era uma força tremenda. Final da década de 50 e quase toda década de 60, até 06 de março de 1968, os corinthianos tinham trauma do Santos, foram onze anos quase de tabu em Campeonatos Paulista e no geral depois de 1962. Em relação ao famoso derbi, este assim chamado pelo saudoso Thomaz Mazzoni, Redator Chefe do saudoso jornal A Gazeta Esportiva, as conquistas da Parmalat também trouxeram traumas, nos corinthianos, principalmente. Mas, há que se convir, sempre existiram e existirão os esquemas em futebol. O da Parmalat foi e continua sendo muito falado devido o esquadrão que ela montou, montou vários times pra ninguém botar defeito. Ia montar times, gastar fortunas e não ter retorno? Evidente, claro que não, como aconteceu com a MSI em 2005, como já aconteceu com o São Paulo em várias oportunidades e como também aconteceu, inclusive, com o poderoso Santos da saudosa Era Pelé. A verdade é uma só e não adianta discutir: tudo, no futebol, claro, de acordo com os bastidores. Sem força nos bastidores, não dá outra, é malhar em ferro frio, pode montar, quem quer que seja, o melhor time que nada vai adiantar. Para conquista de títulos deve ter time e também força nos bastidores. Sem esta, nada feito, monte o time que quiser montar. Futebol é tudo uma questão de maré, óbvio, quem tiver mais força no momento, ganha. Ganha e não tem erro, mas tem que ser mais forte para ganhar, não só nas quatro linhas, nos bastidores também. A força nos bastidores é transitória e não eterna, se bem que uns podem tê-las por mais tempo. Mas, definitiva não é, vai de acordo com a maré e também não existe igualdade lá, pois, assim fosse, campeonatos terminariam empatados. Houve um que terminou, logo virá alguém para dizer, título foi dividido. Tudo bem, concordo, eu estava também no estádio quando aconteceu. Mas, quem estava no apito? Claro, ele, não precisa nem dizer o nome, o intocável, com ele ninguém mexe, afinal, quem pode com ele? No último escândalo, ele deixou a C.B.F. Saiu do futebol? Ah, faz-me rir, vai sair? Foi para a Conmebol. É mole? E assim é o futebol, ninguém pode falar de ninguém, título somente nas quatro linhas, sem ajuda dos bastidores, atire a primeira pedra quem conquistou.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: