Novo Rei na Terra da Rainha?

Por Tiago Abra (direto da Inglaterra)

Na Inglaterra o nome de Fabio Capello vem sempre acompanhado de um adjetivo. Coisa rara em um país tão nacionalista, que faz de tudo para cria suas próprias marcas e estilos.

Nos supermercados os produtos com o selo ‘100% British’ são os primeiros a sumirem das prateleiras, mesmo sendo muitas vezes os mais caros. Mas como o futebol é movido, antes de tudo, pela paixão, o técnico italiano conseguiu seu espaço.

Pegou uma equipe desacreditada pelo vexame de não disputar a Eurocopa 2008. O ‘English Team’ precisava apenas do empate, mas perdeu de 3 a 2 para a Croácia, já classificada, em pleno estádio de Wembley.

Já calejada das eliminações nas Copas anteriores, esse foi o estopim para a população, que abandonou a equipe e passou a questionar muitos jogadores, como Beckham e Michael Owen.

Capello conseguiu em dois anos montar uma equipe forte, competitiva, com padrão de jogo e ganhou o apoio incondicional da população, o que parecia até então impossível. O xodó da imprensa, Theo Walcott, do Arsenal, foi cortado do Mundial e, para meu espanto, houve apoio incondicional ao treinador.

Acredito que a participação inglesa na Copa da África do Sul vai depender muito do rendimento de Wayne Rooney, um dos melhores atacantes do mundo. Com temperamento explosivo, também é lembrado pelo grande número de cartões vermelhos que recebe. Com a cabeça no lugar, o ruivo baixinho pode ajudar a transformar Capello em rei na terra da Rainha.

Foto: FIFA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: