Pau que bate em Chico não bate em Ganso!

Após três adiamentos o Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo finalmente julgou Paulo Henrique Ganso pela cotovelada no são-paulino Dagoberto (veja acima), na primeira partida da semifinal do Paulistão 2010 entre o Tricolor e o Santos.

E sabem o que aconteceu? Nada! Porque nem sempre “pau que bate em Chico bate em Francisco”.

Agora eu pergunto: qual seria a sentença caso o ‘agressor’ fosse o atacante Kléber, do Cruzeiro? Ou então o meia Carlos Alberto, do Vasco? E se fosse o jovem Dentinho, do Corinthians? Ou o próprio Dagoberto, do São Paulo? Aposto que seriam suspensos!

Eu sou contra punição pela televisão, mas já que elas ocorrem, vamos usar o mesmo peso e a mesma medida.

Ganso é craque, mas nesse caso errou feio! E o TJD de São Paulo também!

14 Respostas to “Pau que bate em Chico não bate em Ganso!”

  1. felipealva Says:

    Se tratanto de futebol paulista, na dúvida, é sempre contra o São Paulo!

  2. Pedro Luiz Boscato Says:

    Gustavo, o cotovelo pegou mas ele foi querer se desvencilhar do agarrão, houve o choque. Não vou dizer que foi intencional ou não, não vou entrar no mérito da questão, a consciência dele deve dizer. Agora, no tocante a suspensões, você bem frisou, fosse o Kleber, o próprio Dagoberto, Edmundo no passado, Almir Pernambuquinho, com certeza, haveria punição, dependendo também da força nos bastidores do clube que qualquer um deles pertencesse. Tudo aí, no meu entender, uma questão de bastidores. É mais do que sabido que, somente dentro das quatro linhas, ninguém consegue ganhar nada.

    • gustavogrohmann Says:

      Sobre os diferentes pesos e medidas, não tenho dúvidas… sobre a intenção de Ganso, também não! Assim que ele acerta a cotovelada ele cai com a mão no rosto fingindo uma agressão! Qual o motivo do fingimento?

  3. Rodrigo Linhares Says:

    Tinhamos que ter um tribunal só para julgar as presepadas desse “tribunal”, que nunca pune de acordo com as atitudes desse ou daquele, e sim de acordo com suas próprias conveniências…

  4. Ednilson Says:

    Caro jornalista,

    O São Paulo, o clube mais beneficiado pelos tribunais na história do mundo, se ferrou desta vez. Sempre atento as leis, as benesses, à Lei de Gérson, desta o Tricolor do Morumbi dançou. Em 1998, fez uma belissima presepada e escalou o Raí para jogar a final do Campeonato Paulista. Em 2005, absurdamente se meteu nos bastidores da Conmebol para vetar a Arena da Baixada. E agora, foi prejudicado pela ausência de julgamento de Ganso.

    É, pau que bate em chico também bate Francisco.

    • gustavogrohmann Says:

      Vou ignorar o “Em 2005, absurdamente se meteu nos bastidores da Conmebol para vetar a Arena da Baixada”, pois imagino que você conheça muito bem o regulamento da Libertadores…

  5. Rodrigo Says:

    Não, não ignore não, e aqueles que não conhecem o regulamento? tipo eu. Conta aí Gustavo!

    • gustavogrohmann Says:

      O artigo 9.3 do tema VI (Estádios) do regulamento do “Campeonato Sudamericano de Clubes COPA TOYOTA LIBERTADORES DE AMERICA” de 2005 diz o seguinte: “Cada Asociación Nacional certificará el aforo del o de los estadiosindicados para la realización de los partidos. A ese efecto, el o los estadios deberán tener aforos mínimos siguientes: Primera Fase a Semifinales:20,000 espectadores Finales:40,000 espectadores”… Infelizmente a Arena da Baixada não tinha os 40 mil lugares EXIGIDOS pelo regulamento… Regulamento esse assinado por TODOS os clubes que participaram da competição…

      Sem mais…

  6. Pedro Luiz Boscato Says:

    aGustavo, aproveitando a oportunidade que surgiu o assunto capacidade de público em Libertadores, semifinais vinte e finais quarenta mil espectadores no mínimo, uma pergunta: o simpático Pacaembu, tem, hoje, condições para ser palco de uma final de Libertadores, corresponde ao Regulamento?

    • gustavogrohmann Says:

      Então… no começo do ano passado ele tinha capacidade para menos de 30 e poucos mil… no final do ano anunciaram que ele tinha capacidade para 40 mil e que, caso o Corinthians chegasse na final da Libertadores, poderia mandar seu jogo ali…. só que nesse meio tempo não lembro de nenhuma reforma no estádio…

  7. Pedro Luiz Boscato Says:

    é, daí a razão da minha pergunta, visto que o Presidente Andrés Sanchez sempre falou categoricamente que enquanto for Presidente o Corinthians não mandará seus jogos no Morumbi. Até pensei, será, claro, não ficando com o Mengão, haverá nova invasão no Maracanã, a exemplo de 1976 pelo Brasileiro quando enfrentou o Fluminense? Tem o Mineirão também, né, ficasse na hipótese de não cair com o Cruzeiro. Mas, tudo bem, como nenhum dos três ficou, assunto encerrado. Em 2000, partindo da tese do Felipão que a pressão da torcida poderia ajudar, seria muito mais vantagem para o Palmeiras disputar no Pacaembu. Será, ali ele já não tinha condições de receber público de no mínimo quarenta mil pessoas? Reforma, que tivesse aumentado sua capacidade, que me recorde, foi quando derrubaram a saudosa Concha Acústica e fizeram o Tobogã. Mas, segundo o saudoso Vicente Matheus numa entrevista após um jogo do Corinthians, a Prefeitura não foi feliz na compra do cimento para as obras, além da construção do Tobogã houve reforma também em outras partes do estádio e o cimento, não de boa qualidade, encolhia com as chuvas, visto que, em épocas passadas, o estádio, quando lotado, os borderôs anunciavam público pagante de até mais de sessenta mil pessoas e, depois da reforma e ampliação, quarenta mil já estava lotado. (rs)

    • gustavogrohmann Says:

      O Matheus era sensacional! Só falta anunciarem no fim do ano que o Pacaembu “encolheu” e não pode mais receber 40 mil… aí fica claro o que hoje apenas se desconfia…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: