Corinthians enfrentará a verdadeira ‘pressão da Libertadores’

Primeira fase terminada. Confrontos definidos. E o destino do centenário do Timão será decidido em duas partidas contra o Flamengo.

As duas maiores torcidas do país disputando uma vaga nas quartas-de-final da competição mais difícil e desejada do futebol da América.

E finalmente a verdadeira ‘pressão da Libertadores’ chegará ao Parque São Jorge.

Nunca a torcida do Corinthians foi tão paciente com o time. Nunca a arquibancada foi tão complacente com um jogador como com Ronaldo.

E tudo pela conquista do tão sonhado e inédito título no ano do centenário.

Na final da Copa do Brasil de 2009, contra o Inter, a pressão existia, mas era pequena. Caso falhasse, o elenco ainda teria todo o Brasileirão pela frente para alcançar a Libertadores.

O calendário virou e começou a competição Sul-Americana. E a pressão? Já era maior, mas não ainda aquela que virá nas próximas semanas. Afinal, era ‘só’ a primeira fase e, caso perdesse o primeiro jogo em casa, teria ainda cinco partidas pela frente.

Mas agora não tem jeito, não tem escapatória… A ‘verdadeira’ pressão chegou.

Contra o Flamengo, é tudo ou nada!

Ou o Corinthians vence e avança em busca da tão sonhada conquista, ou o tal ‘ano do centenário’ acabará em uma das maiores crises da história do Alvinegro.

Exatamente por isso acho que o Flamengo tem 51% de chances de passar contra 49% do Corinthians.

No dia 5 de maio de 2010, o Pacaembu terá 40 mil pessoas presentes, mas 30 milhões de almas sofredoras tentando se libertar de seu último e mais difícil tabu.

Já imaginaram o peso de decepcionar uma nação como essa?

Não sei se todos os jogadores do Corinthians estão preparados para essa responsabilidade…

14 Respostas to “Corinthians enfrentará a verdadeira ‘pressão da Libertadores’”

  1. Felipe Pereira Says:

    Por falar em pressão, é bom o Felipe estar no gol corintiano. Não sei, heim. Maracanã lotado, uma pressão giganteca… acho que o Júlio César não aguenta, assim como o Guinei, o Roger, o Coelho…

  2. gustavogrohmann Says:

    Concordo. O Felipe será peça fundamental para o Corinthians nessa decisão.

  3. Carla Ciasca Says:

    51% contra 49% para o Corinthians entrar em crise? E o momento atual do Flamengo? Não conta? Não sei não… mas sinceramente não acho que há um pingo de vantagem pra alguém… Lembrando que vc mesmo testemunhou o Ramalhão fazendo bonito no Maracanã, diante de 80 mil cariocas… Vai ser complicado… sem dúvidas… mas se não fosse assim, não seria o Corinthians… inexplicável.

    • gustavogrohmann Says:

      O Flamengo está uma zona… mas a pressão para o Corinthians ganhar a Libertadores é MUITO grande! Só por isso coloco o Flamengo com 51%… mas é completamente possível e normal o Corinthians passar pelo Fla. Até mesmo com duas vitórias…

  4. Tufano Says:

    E pressão nunca fez bem para o Corinthians

  5. Pedro Luiz Boscato Says:

    Pressão no Corinthians, evidente, sempre existe e, principalmente, em competições que ele permanece na fila, sem dúvida. A Libertadores, claro, é o grande sonho corinthiano, talvez, inclusive, ainda maior, do que a saída da célebre fila de 22 anos em 77. Futebol é futebol, tudo pode acontecer. Mas, acho, o Corinthians, agora, com ambiente mais tranquilo, comparando com anos anteriores. O Presidente Andrés Sanchez, bastante inteligente e equilibrado no meu entender, tem dado declarações inteligentes, dizendo que para ganhar uma Libertadores há que se competir sempre, deixando claro que tudo pode acontecer, normal, inclusive, não conquistá-la assim na volta, vários anos o Corinthians ficou fora dela. Bem diferente, sem dúvida, do que aquele ambiente na célebre fila de 22 anos. Em 1968, por exemplo, quando o Corinthians quebrou o célebre tabu com o Santos, vencendo por 2×0 no dia 06 de março de 1968, gols de Paulo Borges e Flávio, não se ouvia declarações com equilíbrio como do Presidente atual e sim completamente ao contrário. Tanto o Presidente como demais dirigentes na época, eram claros ao afirmar que assim que ganhasse do Santos quebrando o tabu o Corinthians seria Campeão. Isso é algo perigoso, inflama a torcida, a pressão desta, óbvio, influi e bem no ambiente do elenco, sem dúvida, principalmente, em se tratando de Corinthians, onde a mídia, como sempre, aproveita a oportunidade e põe lenha na fogueira e a fogueira cresce muito mais, sem dúvida, quando é Corinthians na parada. O Corinthians de hoje, embora não esteja jogando o que se espera, o que pode e deve, acredito, muito maior a possibilidade, agora, da conquista da Libertadores do que em épocas anteriores, se bem que, claro, em futebol, tudo é possível.

  6. gustavogrohmann Says:

    Grande Pedro Luis Boscato, o maior palmeirense da Vila Maria Zélia, grande celeiro de craques! Também acho que o Corinthians está melhor preparado do que em anos anteriores. Só não sei se aguenta ou sucumbe à pressão. É esperar pra ver…

  7. Carlos Iavelberg Says:

    Na boa, nem acho que os jogadores do Corinthians sintam tanto a pressão da torcida por conta da Libertadores. Para o torcedor corintiano é, sim, o sonho de 100 anos, mas para os jogadores não é tudo isso. O bicho pega mesmo quando o time é eliminado. Aí sim a coisa fica feita. Quem não lembra de 2000 quando o Edílson deixou o clube?

    Quem tá sofrendo a pressão da torcida é o Flamengo. É só ver a fúria vinda das arquibancdas do Maracanã quando o juiz apitou o fim do jogo da última terça-feira. Pressão por pressão, a coisa tá feia para o lado dos cariocas. Mas, na real, isso não quer dizer nada. Mata-mata é outra. Esse negócio de jogar a segunda em casa não quer dizer nada. As últimas duas eliminações do Corinthians da Libertadores foi jogando a segunda partida em casa. Já no ano passado levou a Copa do Brasil fazendo o último jogo na casa do adversário, mesmo cenário de 2008 quando perdeu o título para o Sport. Ou seja, como já dizia o filósofo: clássico é clássico e vice-versa.
    abraços

    • gustavogrohmann Says:

      É por aí. Eu mesmo não acho que seja vantagem jogar a segunda em casa. Mas também não acho que seja desvantagem. Depende do adversário e da própria características dos jogadores do elenco. E falando sobre o Flamengo, demitiram o Andrade hoje à tarde. Talvez os 51% tenha passado para o Corinthians… rs

  8. Fernando Coleti Says:

    Em 1999 o Corinthians foi eliminado da Libertadores e acabou campeão brasileiro.

    Em 2000, 2003 e 2006, a equipe do Parque São Jorge foi eliminada e entrou em profundas crises. E isso leva a crer que, com uma possivel eliminação, o Timão passará um terrível resto de ano.

    A única coisa que eu acho é que esse ano está BEM diferente com relação aos outros dentro e fora de campo. Tá bom, em 2000 era uma seleção. Mas em 2003 e 2006 o Corinthians chegou ao torneio sem nenhum planejamento, capengando, apesar de ter ido bem na primeira fase. Basta lembrar que os técnicos eram, respectivamente, Geninho e Ademar Braga.

    Neste ano, o Mano está montando uma equipe com cara de mata-mata. É quase impossível vazar o gol corintiano (claro, contando com o Felipe). Acho que o Ronaldo e seu peso dirá o que será do Corinthians no torneio. Mas acho um sério candidato ao título.

  9. Rodrigo Linhares Says:

    Grande Gustavo!

    Será que se houver um pênalti contra o Corínthians, o Felipe não vai pular de novo na bola como fez no Brasileiro do ano passado em uma cobrança do Léo Moura?

    E o Jucilei?

    Mais uma vez vai se dizer flamenguista na véspera da partida?

    O mundo dá voltas e Deus castiga, hein, Gustavão…rssss..

    Abraços!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: